Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

Exemplos, os bons devem ser seguidos

O caso que chocou a França, perante mais um abuso sexual de uma criança de cinco anos, por Francis Evrard, que em Julho, foi libertado após ter cumprido 18 dos 27 anos de sentença da sua ultima condenação. Este pedófilo já passou os últimos 30 anos na prisão.

Contudo este pedófilo não se coibiu e conseguiu, pedir, em Junho, ao médico da prisão, que lhe receitasse Viagra. Este técnico de saúde, responsável(?) pela receita “defende-se” dizendo não ter tido acesso ao histórico criminal de Evrard. É lamentável, muito lamentável a completa irresponsabilidade desse médico o qual deverá ser sujeito às naturais medidas sancionatorias adequadas.

Perante estes factos o presidente da França, Nicolas Sarkozy, defendeu, nesta segunda-feira, a castração química de pedófilos ao anunciar uma série de medidas que reforçam a punição de pessoas que cometam crimes de natureza sexual.

Outras medidas foram anunciadas, entre elas está a construção de um hospital especial para pedófilos, na cidade de Lyon, e a determinação de que pessoas condenadas por crimes sexuais só ganhem a liberdade quando médicos concluírem que elas não são mais perigosas.

No caso de pedófilos, Sarkozy afirmou ainda que: "aqueles que aceitarem tratamento poderão receber permissão para deixar o hospital, desde que usem um rastreador electrónico e enquanto estiverem a receber tratamento – tratamento hormonal, você pode chamar isso de castração química, goste ou não goste: eu não tenho medo de palavras".

"Eu queria reunir-me com o ministro da Justiça, com o ministro da Saúde, com o primeiro-ministro e com o ministro do Interior para tirar conclusões sobre essa situação inaceitável que chocou tanto os franceses", disse Sarkozy. "Tudo precisa ser feito para garantir que isso não aconteça de novo."

"No final de suas sentenças, os prisioneiros que estiverem nessa categoria (de condenados por pedofilia) serão examinados por uma junta médica e, se essa junta médica concluir que eles são perigosos, eles não serão libertados. Eles irão para um hospital, onde serão tratados", acrescentou o presidente francês.

Sarkozy anunciou também que condenados por crimes sexuais não poderão mais ser libertados antes do final do período a que foram condenados – como ocorreu com Evrard.

As medidas anunciadas pelo presidente devem ser incluídas em um pacote de reforma do sistema penitenciário francês, que deve ser analisado pelo Legislativo em novembro.

Exemplos de medidas que outros países deverão seguir, para bem das crianças e das comunidades incluindo a internacional

In BBCBrasil.com

 

publicado por EBranquinho às 17:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. O Espelho dos outros, ...

. Nova tabela para indemniz...

. Dia Mundial da Poupança

. 25 Milhões, ... É muito €...

. A Igreja Católica, também...

. “Flexiguraça” = a gestão ...

. Aristides de Sousa Mendes

. O espelho dos outros, ...

. Portugal em 28.º lugar no...

. O Preço do Dinheiro, cada...

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds